“Quero uma saúde eficiente para Campo Grande”, defende Dr Loester

Na Sessão Plenária desta quinta–feira (23) O Vereador Dr Loester Nunes de Oliveira (PMDB) Presidente da Comissão Permanente de Saúde defendeu em aparte, a categoria dos profissionais de saúde e comentou a postura do Prefeito Marcos Marcelo Trad (PSD) de vistoriar as unidades de saúde, constatar falta de médicos e divulgar na imprensa. 

”É preciso ter cuidado com as palavras para falar do profissional de saúde, tem que primeiro ter informações verdadeiras, por exemplo, nas unidades básicas de saúde, tem médico que está de férias e o poder público não faz substituição. É necessário urgente haver mais contratações e fazerem planos de cargos e carreiras, motivar estes profissionais! O Município não deve jogar a responsabilidade para o profissional de saúde, porque a responsabilidade é do poder público.” Questiona Dr Loester.

Segundo o Sindicato dos médicos, não é verdadeira a informação divulgada pelo prefeito de que já tinha reposto 75% do estoque de medicamentos, e também há um déficit de 500 médicos na rede municipal de saúde. Além do piso salarial hoje que é de R$ 2.516,72  insuficiente para os profissionais.

Para o vereador Dr Loester, enquanto isso quem sofre as conseqüências do caos na saúde é a população, “Quero uma saúde eficiente para Campo Grande!” Finaliza o Médico Parlamentar.

Categoria:GERAL

Deixe seu Comentário