Tiririca perde processo para Roberto Carlos e valor impressiona

Tiririca (PR-SP), deputado federal, foi condenado pelo Tribunal de Justiça de de São Paulo (TJ-SP) em um processo civil a pagar uma indenização ao cantor Roberto Carlos por uso indevido de uma música antiga dele. O caso aconteceu durante a campanha eleitoral do político, em 2014.

Na época, Tiririca distrorceu a letra de 'O Portão', composta por Roberto e Erasmo Carlos anos atrás. O cantor não gostou de ver sua música associada a um político cujo tema da campanha era 'pior do que está não fica'.

De acordo com a decisão dos juízes, Tiririca terá que pagar 20 vezes o valor que a canção custou originalmente, com correção monetária e juros. O advogado do político argumentou que foi desmedida a decisão e já deixou avisado que irá recorrer no STJ.

"Eu voltei, agora pra ficar... Porque aqui, aqui é o meu lugar", fala Tiririca na canção. "Eu votei, de novo vou votar... Tiririca, Brasília é seu lugar", completa na música.

Tiririca é acusado de assédio sexual

Recentemente, o político envolveu-se em uma polêmica com sua ex-empregada doméstica, que o acusou de assédio sexual. No depoimento à polícia, ela informou que o deputado tentou abusar até mesmo na frente de suas filhas menores.

O deputado negou o caso e informou que a babá antiga queria tirar dinheiro dele após ser demitida.

Categoria:GERAL

Deixe seu Comentário