Nível do Rio Taquari atinge 5,2 metros e ultrapassa cota de emergência 300 famílias estão em áreas de risco

​O nível do Rio Taquari, que passa por Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande, atingiu a marca 5,20 metros na madrugada desta quarta-feira (10). Entretanto a marcação está oscilando. Cerca de 300 famílias estão em áreas de risco.

Após ultrapassar 20 centímetros da cota de emergência, que é de 5 metros, o Rio Taquari baixou para 5,09 metros por volta do meio-dia, o que demonstra que o nível está oscilando, informou o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul). Nesta terça-feira o Imasul emitiu alerta para a Defesa Civil estadual e municipal.

As cerca de 300 famílias, que estão em áreas de risco, já estão cadastradas na Defesa Civil municipal. Apenas uma família deixou a residência e está alojada no salão paroquial da Catedral São José, conforme publicado pelo Edição MS.

No período da manhã não choveu em Coxim, mas, segundo o coordenador da Defesa Civil municipal, Gilberto Portela, há previsão para a tarde. “Toda população ribeirinha da cidade está em alerta e possuem nosso contato para caso suba mais o nível do rio, nos acionem para a remoção. Mas o rio está baixando bem e acreditamos que não deva subir mais”, explicou.

O desafio da Defesa Civil e outras autoridades municipais é persuadir as famílias a deixarem suas casas. Duas famílias chegaram a acionar a Defesa Civil nesta madrugada, mas não aceitaram sair.

Ainda com informações do Edição MS, desde outubro de 2017 a cidade está em situação de alerta, quando o nível do rio passou dos 4m02. O recorde de cheia do rio ocorreu em 1988, quando chegou aos 6m10.

Categoria:Exemplo de categoria

Deixe seu Comentário